Mapa e Ações em Andamento

Para atender ao Auto 12347 e conferir transparência sobre a execução das ações socioambientais ao longo da Bacia do Rio Doce, a Samarco informa a realização das seguintes atividades.

Pedras
  • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
  • 29 pessoas acomodadas em hotéis, casas alugadas ou de familiares.
  • Disponibilização de caminhonetes, com sirene, para alertar a comunidade em caso de emergência.
  • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
  • Reconstrução de ponte que liga Pedras e Borba a Águas Claras e Campinas.
  • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
  • 1.102 animais assistidos em Mariana.

1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Gesteira
    • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
    • Disponibilização de caminhonetes, com sirene, para alertar a comunidade em caso de emergência.
    • 24 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde da Prefeitura.
    • Distribuição de insumos aos animais que estão em fazendas da região.
    • 15 pessoas acomodadas em casas alugadas.
  • Barra Longa
    • 500 empregados e terceiros atuam na reforma de residências e pontos comerciais.
    • 67 casas e 26 estabelecimentos comerciais reformados e outros 33 imóveis com reforma em andamento.
    • 282 pessoas acomodadas em casas alugadas ou de familiares.
    • 249 cartões de auxílio financeiro distribuídos.
    • 3 mil cestas básicas distribuídas.
    • 9 mil litros de material de limpeza fornecidos.
    • Limpeza de bueiros e esgotos.
    • Limpeza e reabilitação de quintais.
    • Disponibilização de bolsa de estudos para cursos técnico e superior a mais de 30 jovens da comunidade.
    • Distribuição de insumos aos animais que estão em fazendas da região.
    • 24 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde da Prefeitura
    • Limpeza e abertura de ruas e estradas.
    • Liberação de seis pontos comerciais.
    • Disponibilização de posto de atendimento à população.
    • Entrega da ponte do Onça.
    • Visita a propriedades rurais para implantação de ações do Plano de Restabelecimento do Agronegócio.
    • Apoio no reinício do ano letivo de alunos.
    • Levantamento do perfil profissional dos trabalhadores.
    • Posto de Atendimento à Comunidade.
    • 5.151 testes com água do rio.
    • 1.614 animais assistidos.
    • 1,4 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas.
  • Santa Cruz do Escalvado

    Ações na zona rural de Santa Cruz do Escalvado e Rio Doce:

    • 30 cartões de auxílio-financeiro entregues.
    • 25 caixas d’água abastecidas diariamente.
    • 10 poços semi-artesianos e 1 artesiano em construção.
    • Implantação de ações do Plano de Restabelecimento Agropecuário.
    • Abertura de posto de atendimento à comunidade.

    Cinco frentes de trabalho atuam na limpeza do Reservatório de Candonga.

  • Rio Doce
    • Ações na zona rural de Rio Doce e Santa Cruz do Escalvado.
    •  30 cartões de auxílio-financeiro entregues.
    •  25 caixas d’água abastecidas diariamente.
    • 10 poços semi-artesianos e 1 artesiano em construção.
    • Implantação de ações do Plano de Restabelecimento Agropecuário.
    • Limpeza 16 milhões de m3 de material orgânico do reservatório de Candonga, responsável por alimentar a Usina Hidrelétrica Risoleta Neves, localizada nos municípios de Santa Cruz do Escalvado e Rio Doce.
    • Apoio aos agricultores da região, no fornecimento de água e na construção de cercas nas propriedades rurais.
    • Limpeza 16 milhões de m³ de material orgânico do reservatório de Candonga, responsável por alimentar a Usina Hidrelétrica Risoleta Neves, localizada nos municípios de Santa Cruz do Escalvado e Rio Doce.
  • Bento Rodrigues
    • 184 famílias acomodadas em pousadas e hotéis de Mariana logo após o acidente.
    • 724 pessoas acomodadas em casas alugadas.
    • Moradores orientados para retirada da segunda via dos documentos pessoais.
    • Distribuição de 309 cartões de auxílio financeiro para moradores dos distritos de Mariana.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • Apoio ao reinício do ano letivo de alunos.
    • Busca por áreas para o reassentamento da comunidade.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 1.102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Belo Oriente
    • 100,5 milhões de litros de água potável distribuídos.
  • Governador Valadares
    • 266 cartões de auxílio financeiro entregues.
    • Contratação de agentes de saúde, para atuar na prevenção das doenças endêmicas.
    • Disponibilização de estação móvel para auxiliar no tratamento de água e reabastecimento da cidade.
    • 17 pontos de monitoramento da água do Rio Doce.
    • 13.197 testes com água do rio.
    • Construção de uma adutora de 2,7 km.
    • Informações sobre a qualidade da água divulgadas em cinco painéis eletrônicos da cidade.
    • 76,5 milhões de litros de água potável distribuídos.
    • 5 Estações de Tratamento de Água receberam apoio técnico.
  • Tumiritinga
    • 23,6 milhões de litros de água potável fornecido.

    .

  • Resplendor
    • Entrega de cartão de auxílio financeiro aos ribeirinhos.
    • 499,5 milhões de litros de água potável distribuídos.
    • 14 mil litros de água mineral e 30 mil litros de água potável  fornecidos aos índios Krenak.
  • Aimorés
    • Em ação preventiva, foram retirados peixes do canal de adução da represa da Usina Hidrelétrica de Aimorés. A área não foi impactada pela pluma de turbidez. Depois de recolhidos, os peixes foram encaminhados para outros cursos d’águas, que possuem as mesmas características de seu habitat original.
    • Resgate de peixes e crustáceos para preservação das espécies.

    97,6 milhões de litros de água potável fornecidos.

  • Baixo Guandu

    Disponibilização de três Postos de Atendimento ao público.

    • Resgate de peixes e crustáceos para preservação das espécies.
    • 85,6 milhões de litros de água potável fornecidos.
    • 18 pontos de monitoramento da água do Rio Doce.
    • Apoio no fornecimento de material e acompanhamento técnico para a instalação das três adutoras para a captação alternativa da água em Baixo Guandu realizada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAEE) e Prefeitura Municipal da cidade.
  • Colatina
    • Disponibilização de quatro Postos de Atendimento ao público.
    • Entrega do cartão de auxílio financeiro aos ribeirinhos.
    • Resgate de peixes e crustáceos para preservação das espécies.
    • Perfuração de poços artesianos no trajeto do Rio Doce, próximo às estações de tratamento de água.
    • 15 pontos de monitoramento da água do Rio Doce.
    • O abastecimento de água no município foi restabelecido e normalizado.
    • 6 poços artesianos construídos em processo de interligação com as Estações de Tratamento de Água.
  • Linhares
    • Disponibilização de um Posto de Atendimento ao público.
    • Bloqueio, por meio de barreiras, para evitar que a água do rio chegasse às lagoas do município.
    • Resgate de peixes e crustáceos por biólogos, ictiólogos e piscicultores, para preservação das espécies.
    • 12,2 milhões de litros de água potável distribuídos.
    • 15 pontos de monitoramento da água do Rio Doce.
  • Regência
    • Disponibilização de um Posto de Atendimento ao público.
    • Reuniões com lideranças diversas realizadas pela equipe de diálogo.
    • Resgate de peixes por biólogos, ictiólogos e piscicultores.
    • Instalação de 9 km de barreira, na foz do Rio Doce, para preservação da fauna e flora locais.
    • Remoção de bancos de areias localizados próximos à foz, para que a pluma de turbidez não encontrasse obstáculos para chegar ao mar.
    • Monitoramento aéreo georeferenciado do mar e das praias para acompanhamento da evolução do encontro da pluma com o oceano e análise do impacto na fauna.
    • Proteção da lagoa de Boa Vista por meio do fechamento de dois canais de acesso.
    • Disponibilização de 22 barcos para monitoramento das águas do rio e do mar.
    • Acompanhamento aéreo sistemático da pluma no rio.
    • Simulação da movimentação da pluma no mar.

     

     

    • 8,8 milhões de litros de água potável distribuídos.
    • Disponibilização de 22 barcos para monitoramento das águas do rio e do mar.
    • Disponibilização de dois caminhões-pipa para a comunidade.
    • Monitoramento da água para análise diária.
    • Instalação de seis caixas d’agua na região de Entre Rios.
    • Perfuração de poço artesiano próximo às estações de tratamento de água.
  • Marilândia
    • Disponibilização de dois Postos de Atendimento ao público.
  • Povoação
    • Disponibilização de um Posto de Atendimento ao público.
    • Reuniões com lideranças diversas realizadas pela equipe de diálogo.

     

    • Monitoramento aéreo georeferenciado do mar e das praias para acompanhamento da evolução do encontro da pluma com o oceano e análise do impacto da fauna.
    • Proteção da lagoa de Monsarás por meio do fechamento de dois canais de acesso.
    • Resgate de peixes por biólogos, ictiólogos e piscicultores
    • Instalação de 300 metros de barreiras de contenção.
    • Disponibilização de 22 barcos para monitoramento das águas do rio e do mar.
    • Acompanhamento aéreo sistemático da pluma no rio.
    • Simulação da movimentação da pluma no mar.

    • Disponibilização de caminhões-pipa para a comunidade.
  • Quatituba

    • 121,9 milhões de litros de água potável distribuídos.
  • Periquito
    • 15 milhões de litros de água potável distribuídos.
  • Pedra Corrida
  • Itueta
    • 81 milhões de litros de água potável  distribuídos.
  • Galileia
    • 35,2 milhões de litros de água potável distribuídos.
    • Ponto de monitoramento da água.
  • Cláudio Manoel
    • Retorno às aulas e entrega de kits escolares.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Camargos
    • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
    • 23 pessoas acomodadas em casas alugadas ou de familiares.
    • Disponibilização de caminhonetes, com sirene, para alertar a comunidade em caso de emergência.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Paracatu de Cima
    • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
    • Assistência aos moradores que preferiram permanecer na comunidade.
    • Abertura de acesso à comunidade.
    • Distribuição de 309 cartões de auxílio financeiro para moradores dos distritos de Mariana.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 298 pessoas acomodadas em casas alugadas.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Paracatu de Baixo
    • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
    • 111 pessoas acomodadas em casas alugadas.
    • Assistência aos moradores que preferiram permanecer na comunidade.
    • Fornecimento de itens de higiene pessoal.
    • Distribuição de 309 cartões de auxílio financeiro para moradores dos distritos de Mariana.
    • Reconstrução da ponte de Bucão, que liga as comunidades de Paracatu de Baixo, Pedras e Borba a Águas Claras e Campinas, subdistritos de Mariana.
    • Apoio ao reinício do ano letivo de alunos.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Alpercata

    9 milhões de litros de água potável distribuídos.

  • Borba
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 6 pessoas acomodadas em hotéis e pousadas.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.

  • Campinas
    • Instalação de sirenes na comunidade, para alertar em caso de qualquer necessidade.
    • 11 pessoas em casas alugadas ou hotéis.
    • Retorno às aulas e entrega de kits escolares.
    • Reconstrução da ponte que liga Campinas a Barreto.
    • 47 profissionais cedidos para apoio ao atendimento de saúde e assistência social da Prefeitura.
    • 1 mil toneladas de alimentação para animais distribuídas em Mariana.
    • 102 animais assistidos em Mariana.

    1.849 testes com água do rio em Mariana.