MPF MUDA PROFUNDIDADE DE PESCA NO Largo da foz do RIO DOCE

O Iema informa que, a partir do dia 1º de junho, fica proibida a pesca na área comprometida do Rio Doce entre Barra do Riacho, em Aracruz, e Degredo Ipiranguinha, em Linhares, dentro dos 20 metros de profundidade.

A nova decisão, proferida pelo Ministério Público Federal, na Vara Federal de Linhares, nos autos do Processo nº 0002571-13.2016.02.5004. A divulgação nova profundidade, que anteriormente equivalia a 25 metros, indica também novas coordenadas, delimitadas abaixo:

Limite norte: 19°17’S39°41’O
Limite sul: 19°49’50’’S 40°3’28’’

A medida mantem, no entanto, a permissão para pesca científica destinada às pesquisas na área e pode passar por revisões, de acordo com os resultados das análises técnicas oficiais.

IEMA

INTERDIÇÃO DA PESCA AO LARGO DA FOZ DO RIO DOCE

O Iema informa que, por determinação da Justiça Federal, a partir de 22/2/2016, está proibida/interditada de forma excepcional e transitória a pesca na zona costeira ao largo da Foz do Rio Doce em função das alterações no mar decorrentes do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG).

Por determinação da Justiça Federal, o Iema estará divulgando e fiscalizando a interdição entre a Barra do Riacho, em Aracruz, e Degredo e Ipiranguinha, em Linhares, litoral Norte do Estado, dentro de 25 metros de profundidade, conforme as coordenadas geográficas abaixo:

Limite Norte: 19º17’S 39º41’O

Limite Sul: 19º49’50’’S 40º3’28’’

A pesca de qualquer natureza, com exceção a destinada à pesquisa científica, está interditada/proibida por tempo indeterminado, podendo ser revisto quando dos resultados das análises técnicas realizadas na região.

O Iema informa por fim que a regulação da pesca em zona costeira, nos termos da Lei Complementar 140, não é de competência deste Instituto, tratando-se então de uma determinação da Justiça Federal.

Governo-ES

 

BOLETIM DE CONDIÇÕES DAS PRAIAS E BALNEÁRIOS – 13/01/2016

Em cumprimento à Resolução Conama Nº 274, de 29 de novembro de 2000, informamos:

As praias de Regência, Povoação e Comboios continuam preventivamente interditadas para atividades de recreação por causa da presença da pluma de turbidez gerada pelo rompimento da Barragem de Fundão da Empresa Samarco Mineração S.A., em Mariana, MG.
As praias Pontal do Ipiranga, Barra Seca e Degredo foram liberadas devido à mudança nas condições de vento e correntes marinhas.
Reafirmamos que alterações diárias na qualidade das águas das praias podem ocorrer, tendo em vista que o deslocamento da pluma é altamente influenciado pelas condições de vento e correntes marítimas. Por isso, os banhistas deverão ficar atentos às informações prestadas pelos municípios.

Governo-ES Serra Prefeitura-de-Aracruz ICMBio logo-vila-velha

Laudos e Relatórios Disponíveis

BOLETIM DE CONDIÇÕES DAS PRAIAS E BALNEÁRIOS – 06/01/2016

Em cumprimento a Resolução Conama Nº 274, de 29 de novembro de 2000, informamos:
Devido às mudanças nas condições de vento e correntes marinhas, as praias de Degredo, Pontal do Ipiranga e Barra Seca estão preventivamente interditadas para atividades de recreação, por causa da presença da pluma de turbidez gerada pelo rompimento da Barragem de Fundão da Empresa Samarco Mineração S.A., em Mariana, MG.
As praias de Regência, Comboios e Povoação continuam interditadas, também pela presença da pluma.
Reafirmamos que alterações diárias na qualidade das águas das praias podem ocorrer, tendo em vista que o deslocamento da pluma é altamente influenciado pelas condições de vento e correntes marítimas. Por isso, os banhistas deverão ficar atentos às informações prestadas pelos municípios.

Governo-ES (2) ICMBio Linhares Fundao SERRA1 Prefeitura-de-Aracruz

BOLETIM DE CONDIÇÕES DAS PRAIAS E BALNEÁRIOS – 30/12/2015

Em cumprimento a Resolução Conama Nº 274, de 29 de novembro de 2000, as praias de Regência, Comboios e Povoação, continuam, preventivamente, interditadas para atividades de recreação devido à presença da pluma de turbidez gerada pelo rompimento da Barragem de Fundão da Empresa Samarco Mineração S.A., em Mariana, MG.

Ressaltamos que alterações diárias na qualidade das águas das praias podem ocorrer, tendo em vista que o deslocamento da pluma é altamente influenciado pelas condições de vento e correntes marítimas. Por isso, os banhistas deverão ficar atentos às informações prestadas pelos municípios.

Governo-ES (2) ICMBio Linhares Fundao SERRA1

Laudos e Relatórios Disponíveis

BOLETIM DE CONDIÇÕES DAS PRAIAS E BALNEÁRIOS – 23/12/2015

As entidades públicas abaixo relacionadas, em conformidade com as novas informações obtidas por meio do acompanhamento visual e dos monitoramentos realizados no período de 19 a 23 de dezembro de 2015, informam que, de acordo com a Resolução Conama Nº 274, de 29 de novembro de 2000, as águas oceânicas das praias de Povoação, Regência e Comboios, continuam impróprias para atividades de recreação, tais como banho, mergulho e esqui aquático, devido à presença de pluma de turbidez proveniente do acidente da Barragem de Fundão, em Mariana. Enquanto as praias de Pontal do Ipiranga e Barra do Riacho estão próprias para recreação neste momento.
É importante salientar que as condições de clima e correntes marítimas são alteradas constantemente, por isso é fundamental que a população esteja atenta a qualquer alteração visual e às informações publicas neste sítio eletrônico e na imprensa pelos órgãos ambientais responsáveis.

Governo-ES (2)Linhares Prefeitura-de-Aracruz

Laudos e Relatórios Disponíveis

BOLETIM DE CONDIÇÕES DAS PRAIAS E BALNEÁRIOS – 18/12/2015

As praias de Pontal do Ipiranga, Povoação, Regência e Comboios, próximas à foz do Rio Doce estão, preventivamente, interditadas para atividades de recreação, tais como: banho, mergulho e esqui aquático, devido à presença da pluma de turbidez gerada pelo rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana, da empresa Samarco Mineração S.A., em cumprimento a Resolução Conama Nº 274, de 29 de novembro de 2000, que define critérios de balneabilidade em águas doces, salobras e salinas brasileiras, e estabelece que as águas são consideradas impróprias pela presença de resíduos ou despejos, sólidos ou líquidos, capazes de oferecer riscos à saúde ou tornar desagradável à recreação.
Ressaltamos que o acompanhamento da pluma na região marinha está sendo realizado diariamente, portanto, está nota é passível de atualizações.

Governo-ES ICMBio

Laudos e Relatórios Disponíveis

Boletim-18122016-Qualid---gua-Povoaa-----o-12.12.15.pdf

Boletim de Qualidade da água Povoação

Boletim-18122016-Qualid---gua-Pontal-do-Ipiranga-12.12.15.pdf

Boletim de Qualidade da água Pontal do Ipiranga

Boletim-18122016-Qualid---gua-Comboios-12.12.15.pdf

Boletim de Qualidade da água Comboios

Boletim-18122016-Qualid---gua-Barra-do-Riacho-12.12.15.pdf

Boletim de Qualidade da água Barra do Riacho

Boletim-18122016-Balneab-Rega--ncia.pdf

Boletim de Balneabilidade Regência

Boletim-18122016-Balneab-Povoaa-----o.pdf

Boletim de Balneabilidade Povoação

Boletim-18122016-Balneab-Pontal-Ipiranga.pdf

Boletim de Balneabilidade Pontal do Ipiranga

Boletim-18122016-Balneab-Comboios.pdf

Boletim de Balneabilidade Comboios

Boletim-18122016-Balneab-Barra-do-Riacho.pdf

Boletim de Balneabilidade Barra do Riacho

Boletim-18122016-Qualid---gua-Rega--ncia-12.12.15.pdf

Boletim de Qualidade da água Regência

QUALIDADE DA ÁGUA NO MAR – MONITORAMENTO DA PLUMA NO MAR – 19/01/2016

Mapa de delimitação da pluma com determinação de contorno e área correspondentes às plumas denominadas: Alta Concentração e Média Concentração, além das distancias atingidas a N, S e E.

QUALIDADE DA ÁGUA NO MAR – MONITORAMENTO DA PLUMA NO MAR – 17/01/2016

Mapa de delimitação da pluma com determinação de contorno e área correspondentes às plumas denominadas: Alta Concentração e Média Concentração, além das distancias atingidas a N, S e E.

QUALIDADE DA ÁGUA NO MAR – MONITORAMENTO DA PLUMA NO MAR – 16/01/2016

Mapa de delimitação da pluma com determinação de contorno e área correspondentes às plumas denominadas: Alta Concentração e Média Concentração, além das distancias atingidas a N, S e E.